Sessão Solene homenageia 30 anos da Fundação Ulysses Guimarães; É Empossada a nova diretoria da Fundação no Pará

Para celebrar os 30 anos da Fundação Ulysses Guimarães (FUG) e em homenagem às autoridades e personalidades do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) realizou, na manhã desta quinta-feira (13), uma Sessão Solene no auditório João Batista. A solenidade atende solicitação da deputada Andréia Xarão (MDB), presidente da fundação no Pará. O evento também marcou a posse da nova diretoria, uma vez que a instituição é necessária para a formação política dos novos nomes à frente da FUG e para desenvolver ações que tenham como alvo a população de maneira geral.

A solenidade começou com a palestra sobre a Fundação Ulysses Guimarães e a história do MDB, ministrada por Edilza Fontes, secretária adjunta da Secretaria de Estado de Igualdade Racial e Direitos Humanos (SeirDH).

Em seguida, foi formada a mesa, composta pelas seguintes autoridades: presidente da Alepa, deputado Chicão (MDB); deputada Andréia Xarão, presidente da FUG no Pará; deputada Diana Belo (MDB), vice-presidente da FUG no Estado; deputada Paula Titan (MDB), diretora de relações institucionais da FUG no Pará; Karla Begtson, presidente do Ideflor-Bio que representou Hana Ghassan, vice-governadora do Pará; Leão Xarão, prefeito de Breves; Dra. Graça, prefeita de Nova Ipixuna;  Alda Dantas, coordenadora-geral da Assessoria de Imprensa e Divulgação (AID) da Alepa, e também secretária da atual diretoria da Fundação; Roberto Zaluth, secretário geral do MDB no Pará; além de Edilza Fontes.

Empossada, a nova presidente da FUG no Pará, deputada Andréia Xarão, disse que faz parte de uma fundação séria e que tem comprometimento no que faz. “É com muita honra que integro com várias autoridades a direção da Fundação Ulysses Guimarães”. Sobre os cursos ofertados pela entidade, a parlamentar acredita que os que envolvem a mulher na política tem um diferencial. “Como mulher ribeirinha da Ilha do Marajó, faço valer a pena minha função enquanto deputada e farei agora, como presidente da FUG”, afirmou.

“Iremos trabalhar de forma brilhante, contando com o apoio de todos os filiados do MDB, obviamente, além da nova diretoria. As mulheres são prioridade no nosso partido, bem como toda a sociedade. Temos alguns cursos voltados para o público feminino, e isso faz com que haja um incentivo maior na participação das mulheres na política. A Fundação não deixa de ser também uma entidade partidária que vem fortalecendo o maior partido do Brasil, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB)”, aponta Paula Titan.

“Esse novo trabalho à frente da FUG, é um desafio para nós mulheres. Precisamos avançar nas políticas públicas direcionadas para a população, mas principalmente em relação à formação de lideranças em todo o Pará. É necessário levar formação para todas as regiões do estado, e a FUG fará esse serviço. Faremos um diferencial nessa diretoria. Serão quatro mulheres com muita garra e determinação para contribuir ainda mais com o fortalecimento da fundação e do MDB no Pará”, garante a deputada Diana Belo.

Representado a vice-governadora do Estado, Hana Ghassan, Karla Bengtson disse que a atual gestão da Fundação Ulysses Guimarães fará um trabalho especial e com contribuições na caminhada de muitos no Pará. “Tenho certeza que as mulheres que estão diante dessa nova gestão farão um trabalho notável, pois os pilares que sustentam a Fundação envolvem Democracia, Política e Educação. Parabéns à nova gestão”, destaca.

Para o chefe do Poder Legislativo, deputado Chicão, o momento é muito importante, pois, por meio da Fundação Ulysses Guimarães, o MDB tem condições de realizar um trabalho fundamental dentro da formação política.

“Momento especial para nós do MDB, para a FUG no Pará, onde quatro mulheres levarão formação política. As deputadas estão de parabéns, elas irão em vários lugares desse estado, para trabalhar a formação política da juventude. A juventude precisa ser inserida no processo político. É fundamental falar em Ulysses Guimarães para eles. Ulysses Guimarães foi um símbolo da resistência à ditadura. Ele foi uma pessoa que defendeu a democracia, não que os outros não tenham defendido, mas ele foi uma voz ativa na democracia, um homem que presidiu a Constituinte. Ulysses Guimarães representa, para nós do MDB, o que mais valoroso nós temos no processo democrático: a liberdade”, comenta.

A Fundação Ulysses Guimarães
A entidade de interesse social e sem fins lucrativos se estrutura mediante à destinação de um patrimônio para o cumprimento de uma finalidade social. Dentro da FUG, existe a Escola de Formação da entidade, que foi criada para transformar quadros partidários ou não em líderes humanizados, qualificados, preparados e conscientes do seu papel na sociedade. A FUG possui quase três décadas de atuação, com presença nos 26 estados da federação e no Distrito Federal. É referência como fundação partidária do centro político e na oferta de cursos e palestras com excelência na formação política, no conhecimento, na pesquisa e na inovação.

FONTE: ALEPA E FOLHA DE BRAGANÇA

IMAGEM: CARLOS LOBO (ALEPA)

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *