Papa celebra libertação de padres capturados pelas forças russas

O Papa Francisco elogiou no domingo (29) a libertação de dois padres católicos de rito oriental e de outros civis capturados pelas forças russas.

Os prisioneiros foram devolvidos à Ucrânia como parte de uma troca de detidos após vários anos de cativeiro na Rússia e na sua aliada Belarus.

Autoridades ucranianas disseram que o retorno dos civis fazia parte de uma troca de prisioneiros de guerra realizada no início desta semana, durante a qual cada lado devolveu 90 detidos.

Os dois padres foram capturados pelas forças russas no porto ocupado de Berdiansk, no Mar de Azov.

FONTE: CNN

IMAGEM: Reprodução

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *