Mulher suspeita de decepar pênis do ex-companheiro e matá-lo é presa

Uma mulher de 53 anos, suspeita de decepar o pênis do ex-companheiro e matá-lo, foi presa pela Polícia Civil do Pará (PCPA), em Castanhal, nordeste do estado, na manhã de quinta-feira (27). O crime aconteceu oito anos atrás, na zona rural de Paragominas, sudeste paraense.

Segundo as autoridades, no dia 9 de maio de 2016, Márcia Cristina Galvão Rodrigues, atirou nas costas do ex-companheiro, que não teve o nome informado, e também cortou o órgão genital da vítima. A suspeita, inconformada com a separação, cometeu o crime e já havia ameaçado o homem, dizendo que “ele não ficaria com mulher nenhuma“, conforme o relato da polícia.

delegado Felipe Silva, da PCPA, explicou que Márcia estava na condição de foragida desde agosto de 2019. “

Desde então ela se encontrava foragida da Justiça. Teve aprisão preventivadecretada. E na manhã destaquinta-feira (27), foi localizada no bairro Imperador, no município de Castanhal, ocasião em que foi dado cumprimento a esse mandado de prisão preventiva”, contou

Ela fica à disposição da Justiça para responder pelo crime dehomicídio qualificado, pelomotivo torpe, já que o motivo do crime seria o fato dela estarinconformada com a separação docasal. Segundo testemunhas que foram ouvidas neste inquérito, ela dizia que a vítima não ficaria com outra mulher a não ser ela”, detalhou.

FONTE: O LIBERAL

IMAGEM: REPRODUÇÃO

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *