Lula, Jader Filho e mais ministros vão ao RS para dar apoio

O ministro das Cidades Jader Filho esteve no local com o presidente Lula
Os temporais que assolam o Rio Grande do Sul já causaram estragos em mais de 70 municípios. O estado vem sofrendo com ciclos cada vez mais frequentes de adversidades climáticas e preocupa autoridades.
No segundo semestre do ano passado, enchentes provocadas por fortes chuvas fizeram o Rio Taquari transbordar, resultando em uma das piores cheias em décadas e deixando um rastro de destruição, perdas materiais e cerca de 50 mortes.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou a atuação imediata dos ministérios da Integração e Desenvolvimento Regional, Defesa e Comunicação Social no Rio Grande do Sul, que enfrenta novamente uma onda de chuvas e enchentes.
O governador Eduardo Leite (PSDB) solicitou ajuda, e Lula afirmou em uma rede social ter conversado por telefone com Leite e ordenado a mobilização federal na região, que já contabiliza oito mortes e mais de mil desabrigados.
A população está sendo orientada a utilizar lanternas de celulares para ajudar na localização de pessoas sem condições de deslocamento. A Defesa Civil do RS afirma que essa sinalização permite a identificação do local exato, facilitando a chegada das equipes de resposta.
Em uma série de postagens nas redes sociais, o governador Eduardo Leite fez um apelo pelo envio de ajuda, especialmente apoio aéreo. “Precisamos resgatar centenas de pessoas em dezenas de municípios que estão em situação de emergência devido às chuvas intensas já ocorridas e que continuarão nos próximos dias”, escreveu Leite. “Acabei de falar por telefone com o presidente Lula, que garantiu o apoio do governo federal. Tenho certeza de que podemos contar com essa união de esforços para resgatar a população afetada, nossa prioridade absoluta neste momento”, postou em seguida.

FONTE: Dol
IMAGEM: Reprodução

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *