Justiça mantém prisão de empresário em Bragança

Além da manutenção da prisão, a Justiça determinou medidas protetivas em favor da vítima
Durante audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (30), de forma híbrida, a Justiça do Pará determinou a manutenção da prisão preventiva do empresário Reinaldo Yasuyuki Tsuchiya, de 54 anos. Ele é suspeito de tentar m4t4R a própria filha, Bruna Miho Tsuchiya, a golpes de terçado. O crime ocorreu na quarta-feira (29), na cidade de Bragança, região nordeste paraense. A Polícia Civil investiga o caso como tentativa de feminicídio.
A Justiça também determinou medidas protetivas, com isso, o empresário fica proibido de se aproximar a menos de cem metros de distância e de frequentar o mesmo local onde a filha se encontre; ele também está proibido de manter qualquer contato telefônico, pela internet ou qualquer outro meio de comunicação, com a vítima. Por fim, o empresário também está proibido de aproximar-se da residência da filha a menos de 100 metros de distância.

FONTE: O Liberal
IMAGEM: Polícia Civil

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *