Gata morre e filhote sobrevive após incêndio no Jurunas

Uma gata morreu e o filhote dela sobreviveu ao incêndio registrado na tarde de quarta-feira (19), em uma vila familiar chamada de “Luzia”, que fica na travessa Honório José dos Santos com a Quintino Bocaiúva, bairro do Jurunas, em Belém. Ao todo, quatro casas foram atingidas pelas chamas e uma delas destruída totalmente. Duas pessoas tiveram queimaduras leves enquanto tentavam impedir que o fogo se propagasse para mais residências. Até o momento, a causa do incêndio é desconhecida.

Charles é o nome do felino que fugiu das chamas e conseguiu sobreviver. A mãe dele, Lunox, também chamada de “Lulu”, assustada com o que estava acontecendo, correu para dentro da residência tomada pelo incêndio. Não sobrou nada da casa onde a gata tentou se refugiar. Horas depois, os tutores encontraram o corpo dela em meio aos escombros do imóvel consumido pelo fogo.

Ele (gato) estava em casa e se escondeu dentro do banheiro e conseguiu se salvar. A mãe dele (Lulu) entrou na residência que estava em chamas e, infelizmente, a agonia foi tanta que a gente não conseguiu salvá-la. Tivemos uma grande ajuda dos bombeiros, que fizeram uma busca em casa e acharam o Charles embaixo do armário do banheiro. (…) Eu não sei ressaltar a minha alegria quando o vi, ele (Charles) é tudo para mim”, conta bastante emocionada.

O incêndio começou por volta das 14h30 de quarta-feira (19), em uma casa de dois andares, segundo os relatos dos moradores. Era onde morava a tia de Esther junto do companheiro. “

Nesta quinta (20), amigos de Esther foram até onde ela mora para ajudá-la e consolá-la pela morte de Lulu, que tinha cerca de cinco anos de idade. As famílias que tiveram as casas atingidas pelo incêndio tentam reconstruir o que perderam. Para saber da ajuda prestada às pessoas afetadas pelo incêndio, a redação integrada de O Liberal solicitou posicionamento da Comissão Municipal de Defesa Civil de Belém (Comdec) e aguarda retorno.

Procurada para saber mais detalhes do caso, o Corpo de Bombeiros disse à reportagem que “as chamas foram controladas. A casa apresentou perda total. Duas casas vizinhas foram atingidas pelo calor intenso. Não houve vítimas fatais e a perícia foi solicitada”.

A Comissão da Defesa Civil Municipal de Belém (Comdec) informou, por meio de nota, que já esteve no local do incêndio para realizar a vistoria e emitir laudo técnico às famílias afetadas. O acidente afetou um total de quatro casas, sendo que uma delas, pertencente à moradora Joana do Socorro Gama da Silveira, de 52 anos, teve perda total. 

As residências do lado esquerdo, direito e fundos apresentaram danos estruturais como fissuras e telhados danificados, porém, não há risco de desabamento. Todos os moradores foram autorizados a retornar às suas casas, com exceção de Joana Silveira, que ficará na residência do filho. Não houve registro de feridos.

O laudo da Defesa Civil será entregue nesta sexta-feira, 21, pela manhã, para que Joana Silveira possa iniciar os procedimentos de solicitação dos benefícios sociais. Os demais laudos serão entregues até segunda-feira, 24, para os demais moradores afetados, permitindo que todos possam iniciar os procedimentos de solicitação dos benefícios sociais municipais e estaduais.

FONTE: O LIBERAL

IMAGEM: Reprodução

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *