Consumidores expressam preocupação com anúncio do aumento do gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (8) um aumento de 9,81% no preço do gás de cozinha, válido a partir desta terça-feira (9). Com o reajuste, o preço passará a ser de R$ 34,70 por botijão de 13 kg, um aumento de R$ 3,10 por botijão.

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese Pará), o preço médio do botijão de gás de 13 kg no estado era de R$ 105,75 na semana passada (23 a 29 de junho).

Naquele período, o Pará ocupava a 9ª posição no ranking nacional e a 7ª na Região Norte em termos de preços mais altos de gás de cozinha. O menor preço registrado no estado foi de R$ 83,00 e o maior preço foi de R$ 145,00.

Nilda Almeida, 58, moradora do bairro Pedreira, em Belém, expressa preocupação com o impacto no orçamento. “Em junho eu comprei por R$ 115 à vista. O gás dura em torno de 45 dias em casa, então se aumentar esse valor vai pesar ainda mais”.

O autônomo Pedro Santana, de 63 anos, diz que pagou R$ 100 há cerca de dois meses em Ananindeua e também mostra preocupação com um possível aumento. “Já é difícil pagar esse valor, se aumentar mais fica complicado”, diz.

O Dieese Pará aponta que a última alteração no preço do gás de cozinha havia sido em 1º de julho de 2023, quando houve uma redução de 3,9%. O último aumento, de 24,9%, havia sido feito em 11 de março de 2022.

De acordo com o Dieese Pará, o aumento atual de 9,81% é o primeiro reajuste do ano de 2024. Desde 31 de dezembro de 2022, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em valor equivalente a R$ 7,34 por botijão de 13 kg.

Aumento autorizado pela Petrobras no preço do gás de cozinha (GLP) na refinaria nos últimos 12 meses:

– 30/06/2023: -3,9%

– 08/07/2024: +9,81%

Ranking dos preços médios da unidade do botijão de gás de cozinha de 13 kg comercializado em postos de revenda segundo as UF (23 a 29/06/2024):

Roraima: Preço Médio: R$ 127,31 | Menor Preço: R$ 117,99 | Maior Preço: R$ 140,00

Amazonas: Preço Médio: R$ 120,61 | Menor Preço: R$ 110,00 | Maior Preço: R$ 145,00

Tocantins: Preço Médio: R$ 120,59 | Menor Preço: R$ 110,00 | Maior Preço: R$ 130,00

Rondônia: Preço Médio: R$ 118,70 | Menor Preço: R$ 100,00 | Maior Preço: R$ 141,00

Acre: Preço Médio: R$ 116,35 | Menor Preço: R$ 103,00 | Maior Preço: R$ 127,00

Santa Catarina: Preço Médio: R$ 114,46 | Menor Preço: R$ 89,00 | Maior Preço: R$ 140,00

Mato Grosso: Preço Médio: R$ 113,34 | Menor Preço: R$ 85,00 | Maior Preço: R$ 145,00

Amapá: Preço Médio: R$ 113,18 | Menor Preço: R$ 82,00 | Maior Preço: R$ 122,00

Pará: Preço Médio: R$ 109,75 | Menor Preço: R$ 83,00 | Maior Preço: R$ 145,00

Mato Grosso do Sul: Preço Médio: R$ 107,01 | Menor Preço: R$ 89,00 | Maior Preço: R$ 135,50

FONTE: O LIBERAL/ ANP

IMAGEM: REPRODUÇÃO

Compartilhe este artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *